História


Com o projeto iniciado em 1982 pela empresa Irmãos Diniz LTDA, no terreno onde antes se encontrava um campo de futebol, o Mercado Central de Contagem foi inaugurado em 13 de maio de 1989 para abrigar um centro popular de compras que funciona como um espelho da cultura mineira e, de modo particular, dos costumes de Contagem.

O Mercado está localizado em um ponto estratégico do município, num terreno de mais de 19 mil metros quadrados, entre os bairros Eldorado, Inconfidentes e Riacho das Pedras. O condomínio comercial tem, hoje, 226 lojas que abrigam os mais diversificados gêneros como alimentícios, suplementação, produtos artesanais, orgânicos, hortifrutigranjeiros, açougue, peixaria, salão de beleza, festa, embalagens, imobiliária, correios, ervas medicinais, roupas e calçados, farmácia, floricultura, restaurantes, bares, lanchonetes, consultório odontológico, além de novas atrações que se inauguram com frequência.

O Mercado Central de Contagem possui ainda, em suas dependências uma capela dedicada a São Judas Tadeu (padroeiro do Mercado), o Santo das Causas Urgentes. Construída no início dos anos 2000 com recursos provenientes de doações de lojistas, a Capela foi reconhecida oficialmente pala Arquidiocese metropolitana em 2005 como oratório particular e nela são realizadas missas todas os dias 28 de cada mês.